Un análisis de las prácticas de autoevaluación en la universidad brasileña
NAGIOS: RODERIC FUNCIONANDO

Un análisis de las prácticas de autoevaluación en la universidad brasileña

DSpace Repository

Un análisis de las prácticas de autoevaluación en la universidad brasileña

Show simple item record

dc.contributor.advisor Cruz Orozco, José Ignacio
dc.contributor.advisor Jornet Meliá, J. M.
dc.contributor.author Augusto de Oliveira, José Marcio
dc.contributor.other Departament d'Educació Comparada i Història de l'Educació es_ES
dc.date.accessioned 2014-04-29T10:24:46Z
dc.date.available 2014-04-30T06:10:03Z
dc.date.issued 2014
dc.date.submitted 25-04-2014 es_ES
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10550/34762
dc.description.abstract A presente tese tem por objetivo a análise da experiência de auto-avaliação institucional da universidade brasileira nos marcos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) no seu primeiro ciclo de avaliação institucional definido para o biênio 2004-2006. Para tanto se procedeu a um amplo estudo dos fundamentos e princípios declarados pelo novo sistema de avaliação e o seguimento minucioso do seu processo de implementação. A investigação procedeu também a um estudo empírico desse processo no nível institucional, levado a cabo na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O desenvolvimento da investigação nestes dois níveis teve por objetivo possibilitar a percepção do processo de implementação do SINAES no plano conceitual e sua repercussão na realidade objetiva e concreta em uma das maiores instituições de educação superior do país, com suas idiossincrasias, resistências e re-elaborações. Na definição do marco teórico a tese se fundamenta em um conjunto de teóricos que configuram os contornos da crise institucional por que tem passado a universidade nas ultimas décadas, produto da redefinição do papel dos estados nacionais o que determinou una transição do modelo de Estado intervencionista a um modelo caracterizado como neoliberal. Enquanto metodologia, foram conjugados instrumentos típicos da pesquisa histórica com a utilização de técnicas de estudo de caso na análise da auto-avaliação no nível institucional, procedendo ainda, de maneira introdutória, a avaliação de consistência dos principais índices e instrumentos que estruturam o SINAES. Como resultados, a pesquisa acompanhou a trajetória de disputas na definição dos princípios e diretrizes da nova avaliação, bem como a estruturação de medidas de redefinição conceitual e operativa que resgataram sua dimensão regulatória ao passo em que excluíram a avaliação institucional do centro do processo avaliativo. No nível institucional o estudo empírico revelou uma relação desgastada e de pouca confiança entre as universidades públicas e o Estado avaliador. Um quadro que somada à pouca vivência institucional com a auto avaliação e a inexistências de quadros preparados para a avaliação institucional nos moldes do SINAES levaram a UFPE a desenvolver uma série de redefinições muito influenciada pelas medidas nacionais de restabelecimento da avaliação institucional com princípios exclusivamente regulatórios. es_ES
dc.format.extent 342 p. es_ES
dc.language.iso es es_ES
dc.subject evaluación institucional es_ES
dc.subject educacion superior es_ES
dc.subject universidad brasileña es_ES
dc.title Un análisis de las prácticas de autoevaluación en la universidad brasileña es_ES
dc.type info:eu-repo/semantics/doctoralThesis es_ES
dc.description.abstractenglish This thesis aims to analyze the experience of institutional self-evaluation of the Brazilian university landmarks in the National System of Higher Education Assessment (SINAES) in its first round of institutional review set for the biennium 2004-2006. For that we undertook an extensive study of the foundations and principles declared by the new evaluation system and minute tracking of your implementation process. Research also conducted an empirical study of this process at the institutional level, carried out at the Federal University of Pernambuco (UFPE). The development of research in these two levels aimed to facilitate the perception of the implementation of SINAES at the conceptual level and its impact on the objective reality and one of the largest institutions of higher education in the country, with its idiosyncrasies, strengths and process re-elaborations. In defining the theoretical framework the thesis is based on a set of studies that shape the contours of the institutional crisis that has gone to college in recent decades, the product of redefining the role of national states which determined one transition from the interventionist state model a model characterized as neoliberal. As a methodology, typical tools of historical research with the use of techniques of case study analysis of the self - assessment at the institutional level were combined, still proceeding, in an introductory way, the evaluation of consistency of major indexes and instruments that structure SINAES. As a result, the research followed the trajectory of disputes that defines the principles and guidelines of the new evaluation and structuring of conceptual and operational redefinition measures that rescued its regulatory dimension while they excluded the institutional assessment center evaluation process. At the institutional level, the empirical study revealed a worn and little trust between public universities and state evaluator relationship. A framework coupled with little institutional experience with self assessment and inexistency’s frame prepared for the institutional review modeled on SINAES in the UFPE led to develop a series of redefinitions much influenced by national measures to restore the institutional assessment exclusively regulatory principles. es_ES
dc.embargo.terms 0 days es_ES

View       (1.544Mb)

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace

Advanced Search

Browse

Statistics